Clube de Xadrez de Blumenau

Fundado em 09 de março de 1917
Declarado de Utilidade Pública pelo Estado de Santa Catarina Dec. Lei número 3897 de 26 de setembro de 1966
e pelo Município de Blumenau Lei nro 1469 de 27 de dezembro de 1967 CGC 82.666.850/0001-98






Colunas
Antonio Bambino Filho
Heidy Almeida
CAMPEÕES ABSOLUTOS DE BLUMENAU
José Kugler
Otto Facs
Demério Schead
Nicásio Lensi
Francisco Kunze
Henrique von Mickereabr
Rômulo Silva
Karl Lemm
Alfredo Kindermann
Jonio Ferreira
Mauro César Guimarães
Edison Marques
Júlio César Deschamps
Wagner da Silva Borges
Palas Atena Reis Veloso
Charles Gauche
-1920 - 21 - 24 - 25 - 27 - 28 - 30 - 31
-1922 - 23 - 26 - 29 - 32 - 33 - 34 - 37 - 39
-1935 - 36 - 38 - 40 - 41 - 42 - 45 - 48 - 53
-1943
-1944 - 46 - 47
-1949 - 50 - 51 - 52 - 57 - 63 - 67
-1954 - 56 - 59
-1955
-1958 - 60 - 61 - 62 - 64 - 65 - 66
-1968 - 69 - 70 - 71 - 72 - 73 - 74 - 75 - 76 - 77
-1978
-1979 - 80
-1981 - 82
-1983 - 84
-1986 - 99
-2001 - 02
HISTÓRIA DE DEMÉTRIO JOÃO SCHEAD

Nascido em 10 de janeiro de 1894, na cidade de Trípoli - Síria, e falecido a 16 de setembro de 1962 na cidade de Blumenau - SC - Brasil.
Chegou ao Brasil acompanhado de seus pais em 1899, tendo residido no Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis, Laguna, Itajaí e Blumenau.
Praticante ativo do jogo de xadrez desde os 19 anos, foi um apaixonado pelo jogo arte, expressão que usava, tendo lutado constantemente para a divulgação e ensinamento do xadrez, colaborando com revistas e jornais de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina, com ensaios e problemas de xadrez.
Foi um dos sócios fundadores do Clube de Xadrez de Blumenau, em 1917, e também o iniciador, no Brasil, da publicação de um jornal para enxadrístas de nome " Ciência", publicado em 12 fascículos durante o ano de 1925, em Itajaí.
Participou de vários torneios com mestres internacionais e nacionais, com a criação da Federação Catarinense de Xadrez foi tri-campeão Catarinense, com a idade de 60 anos, deu várias simultâneas com até 30 participantes, ou mais, inclusive simultâneas às cegas!
Embora não tenha participado de nenhum torneio de composição de problemas, foi um grande problemista, com mais de 50 problemas de xadrez publicados em vários periódicos nacionais.
Teve vários livros de sua autoria publicados:
- " Xadrez Intuitivo " - ( 1ª edição) 1930, Itajaí - SC (2ª edição) 1956, Blumenau - SC
- " Confidências Enxadrísticas " - 1944, Blumenau - SC
- " Faça seu Lance " - 1947, Blumenau - SC
- " O Problema Estratégico " - ensaio em 6 capítulos, publicado em 1934, "A Gazeta " de São Paulo
- " Leis do Problema Directo " - ensaio em 4 capítulos, publicado em 1936, " O Foot-Ball" do Rio de janeiro

Seu pensamento vivo assinala o grande amor que devotava ao xadrez e ao problema :
- "O xadrez educa instruindo; enobrece o espírito e desenvolve o raciocínio. É a melhor escola de civismo e a mais forte arma de combate aos vícios".
-" No dia em que dois terços da humanidade observarem, com a devida exatidão, o alcance moral, político e intelectual que encerra o nobre "passatempo", uma das mais belas recreações do espírito editada pelo Gênio, então não estaremos longe da visão deslumbrante: perfeição intelectual e moral".
- "A incompreensão do valor de um Problema e da sua disposição ou arranjo no tabuleiro, são as duas principais causas do desinteresse de inúmeros enxadristas por essa arte sublime do xadrez. Causas baseadas apenas na aparência. Porque o valor real do Problema de xadrez, em que se admite ou se pressupõe uma possível resultante de uma partida, ressalta nos elementos estratégicos em jogo, que muitas vezes nos causam forte emoção pela fineza da trama, enleada na tessitura da ficção artística".

Comentários feitos sobre seus trabalhos:
- MI Ludwig Engels, sobre a segunda edição de "Xadrez Intuitivo"
"...a obra se apresenta como um tratado, no sentido da mais verdadeira significação. Merece especial atenção a parte de problemas que, facultando aos estudiosos uma rápida visão sobre o conjunto dessa arte enxadrística, dá-lhes simultaneamente um excelente coleção de temas e estudos".

- Idel Becker, sobre "O Problema Estratégico"
"Forte jogador de xadrez, problemista, notável autor de "Xadrez Intuitivo", um dos vários livros enxadrísticos escritos em vernáculo, o Sr. Schead destaca-se, em verdade, como fundador de clubes, dirigente de secções especializadas, organizador de torneios e campeonatos, e grande animador do intercâmbio enxadrístico no Brasil inteiro. O seu trabalho especial para "A Gazeta", despido de retórica vã e pretenciosa, constitui, no conjunto, um estudo original e proveitoso sobre o Problema".

- Luiz Viana, sobre "Confidências Enxadrísticas"
"...embora ferindo a modéstia desse companheiro de mesmo ideal, devo dizer que as sua "Confidências Enxadrísticas" constituem, além de uma obra inteiramente original, digna de ser imitada para os largos e ainda inexplorados horizontes do enxadrismo nacional, um livro que dá enlevo ao espírito, porque nele se condensam com propriedade as mais interessantes fases da história do xadrez em Santa Catarina".
CONQUISTAS DE BLUMENAU
Xadrez Masculino:
JASC
Campeã: 1961 - 78 - 79 - 80 - 81 - 84 - 86 - 87 - 89 - 95 - 2006
Vice-campeã: 1964 - 67 - 82 - 85 - 88 - 90 - 92 - 94 - 2005 - 2010
3ª colocada: 1991 - 93 - 98

Joguinhos Abertos:
Vice-campeã: 2005 - 2008
3ª colocada: 1989 - 91 - 2002 - 2004

Jogos Escolares (OLESC)
Campeã: 1986 - 2002 - 2013
Vice-campeã: 1997 - 98 - 2003 - 04
3ª colocada: 1995 - 96 - 2005

Jogadores que formaram as equipes:
Alexandr Fier, André Carlos Furtado, André Luiz Servi Wendler, Antonio Carlos Bambino Filho, Aronildo Muller, Auriberto Ticianelli Pinto, Carlos Kracik, Carlos Wolf, Charles Gauche, Diovane Joaquim Fiamoncini, Edison Marques, Edward Gauche, Emerson de Pinho Adam, Enio Bozzano Junior, Etênio Ticianelli Pinto, Everaldo Matsuura, Felipe Leite, Fernando Luís Vieira, Gabriel de Borba, Guilherme de Borba, Guilherme Deola Borges, Gustavo Massaki Kuwaki, Gustavo Rafael Assunção, Haroldo Cunha dos Santos Jr, Heidy Moreira de Almeida, Hélio Cândido Ferreira, Henrique Yuri da Silva, Herbert Moreira de Almeida, Ionio José Ferreira, Ivan Boere, João Adriano Filho, João Henrique Dauer, Jorge Bittencourt, Júlio César Deschamps, Julio Cesar Machado Jr, Luiz Claudio Valim, Marcelo Augusto Bambino, Marco Aurélio da Silva Jr, Marcos Rene Blohn, Mario Wolf, Martim Afonso Palma de Haro, Massami Wellington Kamigashima, Mauro César Guimarães, Renan Levy da Costa, Roberto Rocha Rodrigues, Rodrigo Bozzano, Rodrigo Henschel, Ronny Knoch Gieseler, Sérgio Luiz Pereira, Thiago Carstens Dobuchak, Vinícius André Both, Wagner da Silva Borges, William Ferreira Weise, William Rodrigues Wurzius.

Xadrez Feminino:
JASC
Campeã: 1984 - 85 - 86 - 87 - 88 -89 - 90 - 91 - 92 - 93 -94 - 95 - 96 - 97 - 98 - 99 - 2000
Vice-campeã: 1981 - 82 - 2002 - 2004 - 2005
3ª colocada: 1980 - 2006 - 2009 - 2010 - 2011

Joguinhos Abertos:
Campeã: 1998 - 2007 - 2008 - 2012
Vice-campeã: 1989 -94 - 96 - 97 - 2006 - 2007
3ª colocada: 2003 - 05

Jogos Escolares (OLESC)
Campeã: 2005 - 2006 - 2007 - 2008 - 2012
Vice-campeã: 1995 - 96 - 2010
3ª colocada: 1997 - 2013

Jogadoras que formaram as equipes:
Adelina Elis Kormann, Ana Paula de Oliveira, Andressa Kretszchmar, Angélica Roberta Passold, Bruna Fernanda Kleine, Camile Biz Chiodini, Carolina de Miranda Silva, Cássia Cristiane Gieseler, Cristiane Habitzreiter, Denise Lemony, Elisiane Geisler, Fernanda Muller, Fernanda Ribeiro Martins, Franciani Amábile Fiamoncini, Giovanna Mayara Sibowicz, Gisele Schurmann, Graziele Denega Souza, Heloísa P Martins Karlberg, Isadora Braun, Jadna Cristina Dittrich Silva, Júlia Karina Dittrich Silva, Karin Przygoda, Laís Colin de Bem, Lidiane de Almeida, Lígia Janke, Marina Ramos, Marli Campos, Palas Atena Reis Veloso, Patrícia Serpa, Pyetra Melissa de Souza, Rafaela de Graauw, Regina Lúcia Santos Ribeiro, Roberta Cristina Moritz, Silmara M. Almeida, Simone Stoltz, Stela Henn, Suellen D. Staloch, Suzana Chang.